A Alice já dorme a noite (quase) toda!

É o tema que mais discussão e dúvidas gera nas mães e nos pais: quando é que o meu bebé vai dormir a noite toda? E é uma falsa questão, facto que só mais tarde descobri porquê e já vos digo como.

Lidar com a privação de sono

Engravidei mais ou menos ao mesmo tempo que algumas amigas, e algumas delas diziam-me que o bebé delas dormia a noite toda. Com a Alice isso nunca aconteceu e comecei a pensar que estava a fazer algo de errado. Nos primeiros dois meses, ela acordava de duas em duas horas para mamar, ás vezes chegava a acordar no espaço de uma hora. A privação do sono é uma das coisas mais difíceis para os pais, principalmente para as mães. Acordar, mudar a fralda, dar de mamar, pôr a arrotar, adormecê-la outra vez. Mesmo com 4 meses ela ainda não dormia a noite toda. Muitas vezes, a Alice acordava a meio da noite a palrar e a querer brincar, isto ás 3 da manhã! E nunca queria dormir no berço. Eu deitava-a no berço e ela acordava no instante seguinte ou 30 minutos depois.

Realidade ou mito?

Comecei a ler sobre o assunto e foi aí que descobri a fada dos bebés. É assim que a Constança Cordeiro Ferreira é conhecida pelas mães. Comprei “O livro de magia das mães” e depois o primeiro guia dela “Os bebés também querem dormir” e foi aí que percebi que só uma minoria de bebés dorme a noite toda durante os primeiros meses de vida e que, na verdade, esse é um dos mitos da maternidade. Aprendi que os bebés têm um ciclo de sono diferente do nosso.  Que o sono dos bebés é mais leve e curto que o nosso. Também aprendi que lutar contra isso e obrigar um bebé que não quer dormir ás 3 da manhã não é benéfico nem para o bebé nem para a mãe, e que são os adultos que têm que se adaptar à rotina dos bebés e não o contrário.

Os bebés são mesmo assim

Ler esta autora ajudou-me sobretudo a perceber que não estava a fazer nada  de errado e que os bebés são mesmo assim. Então, adormecia com ela no colo. Foi a forma mais fácil que encontrei de fazê-la dormir e poder descansar também. Sim, adormecia com ela no colo, sentada na cama. Posso dizer que passei praticamente os últimos 6 meses a dormir sentada! Só a partir dos 7 meses é que a Alice começou a acordar menos vezes. E ainda não consegue dormir no berço, dorme comigo na minha cama, ao meu lado. E também não há nada de errado nisso. Cada bebé tem o seu ritmo e quando a Alice estiver preparada poderá dormir sozinha sem o cheiro e a presença tranquilizadora da mãe. Entretanto, podemos descansar todos melhor e aproveitar este privilégio que é dormir 6 horas seguidas, sem culpas ou preconceitos.

Anúncios

2 thoughts on “A Alice já dorme a noite (quase) toda!

  1. Desde que voltei ao trabalho a minha filha, agora de 10 meses acorda 5-6 vezes a noite para mamar 🙂 Dorme comigo também, é mais fácil e agora quando passa meio dia no berçário estamos cheias das saudades.

    Gostar

    1. Também optei por deixá-la dormir comigo por causa disso. É menos cansativo. Pois é, é duro regressar ao trabalho. Ao inicio custa muito ficar sem elas. E à segunda-feira é o dia de mais saudades. Obrigada por nos seguir 🙂

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s