As avós

Cresci a ouvir as histórias da minha mãe, da minha avó e da minha bisavó. Todos os verões da minha infância eram passados na casa dos meus avós maternos. Três semanas de praia e almoçaradas no quintal. Tardes solarengas a ouvir as conversas entre a minha mãe, a minha avó e a minha bisavó, enquanto preparavam o jantar.

As avós ligam o passado ao futuro

A minha ligação com os meus primos nunca foi muito próxima (talvez por ser a mais nova de todos e por passar esses dias na casa da minha avó materna enquanto que eles passavam as férias grandes na casa dos meus avós paternos) por isso,  as minhas memórias de verão pertencem ás minhas avós. É um verdadeiro legado feminino que se prolonga com o nascimento da Alice e que eu espero que passe para ela. Porque as avós são importantes. São elas que fazem a ponte entre o passado e o presente e é a partir dessa ligação que construímos o nosso futuro.

Gap geracional

Mas nem sempre é fácil lidar com esse gap geracional. Dizem que os pais educam e os avós mimam e essa máxima muitas vezes pode gerar conflitos entre pais e avós, e pode até gerar discussões entre o pai e a mãe. As realidades mudam, o que é hoje já não é o que era ontem. É certo que muitas vezes as avós, na sua intenção de ajudar, dão conselhos que podem criar dúvidas, inseguranças e até gerar  desconforto numa mãe de primeira viagem que não sabe o que fazer. É preciso ouvir e não deixar que esses conselhos se transformem em ditaduras ou em controlo. É importante não deixar que as avós interfiram naquelas que são as tarefas da mãe: os cuidados do seu bebé. Mas também é importante dar-lhes tempo com os nossos bebés, os seus netos. Para que os nossos filhos possam criar memórias de infância tão boas como as nossas. É preciso dar espaço ás avós porque elas também têm muito para nos ensinar. Porque as avós dos nossos filhos também já foram mães, as nossas mães.

Anúncios

2 thoughts on “As avós

  1. Olá Luis! Obrigada por seguir o blog 🙂 Os avós são muito importantes e devem fazer parte do dia a dia dos nossos filhos. As memórias são um legado precioso e os avós podem ter um papel muito importante na construção dessas memórias 🙂

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s